Camisetas

Derivado da palavra "camisa", camiseta é proveniente do latim "camisia", que por sua vez, significa “roupa de dormir” ou “roupa de cama".

Na antiguidade e até a Idade Moderna, a camisia era considerada uma "roupa de baixo" ou roupa íntima. Os antigos romanos utilizavam a peça para usar embaixo da túnica, quase sempre de linho, com a finalidade de proteger da transpiração. Nos primeiras séculos da Idade Média, também eram utilizada para proteger contra o suor e sujeira interna, só que pela nobreza, pois suas roupas eram carregadas de pedras preciosas, e assim, dificilmente eram lavadas. A partir do século XX, esta peça de vestuário transformou-se radicalmente, já que na primeira metade do século, ainda era a primeira roupa acima da pele, para transpiração e proteção ao frio, muito utilizados na Primeira e Segunda Guerra Mundial. Em 1948, a camiseta passa a ser um componente promocional, utilizado pela primeira vez como propaganda de campanha pelo então candidato à presidência dos Estados Unidos, Thomas E. Dewey; e nos anos de 1960, 1970 e 1980, é utilizada para estampar mensagens diversas, suporte para propagandas, carregando símbolos comerciais ou para ostentação de grifes.